segunda-feira, 20 de maio de 2013



Ele disse que a faria feliz. Ela acreditou. Não deveria. Após tantas desilusões que tivera, deveria ter aprendido a desconfiar quando alguém diz eu te amo” no primeiro encontro. Mas como não acreditar quando o garoto que lhe diz isso é o mesmo por quem está apaixonada desde a quinta série? Ou quando ele é inteligente, bonito, charmoso, simpático, engraçado e desejado por todas as garotas bonitas, vaidosas e populares de sua escola? É difícil resistir a um menino assim. Mas, às vezes, garotos assim machucam o coração de meninas inocentes. Ela sofreu desse mal: um garoto desumano arrancou seu coração. E, sinceramente, não sei se sinto pena ou me solidarizo com sua dor, afinal quase todos já sofreram por amor... A única coisa que sei é que ela vai superar. Vai superar, porque é forte. Pode demorar, porém ela irá secar as lágrimas, seguir em frente e achar alguém que valha a pena. Alguém que não irá partir seu coração e fazê-la sangrar, como outros fizeram. E será feliz. Porque merece.